A relevância da motivação para a organização

  • Liliane Aparecida Camilo Morgado Faculdade de Tecnologia de Garça
  • Regina Ferreira da Rocha Faculdade de Tecnologia de Garça
Palavras-chave: Capital Intelectual, Gestão, Motivação, Organização

Resumo

Empresas de qualquer segmento de negócio, buscam aprimorar os processos produtivos e a lucratividade. Neste sentido, é fundamental que elas possam contar com a contribuição de seus colaboradores e, nesse sentido, devem acompanhar o comportamento individual além de investir em ações que maximizem o desempenho pessoal e coletivo. Observa-se que as pessoas investem em qualificação visando o ingresso e a permanência no mercado de trabalho, ou seja, o sucesso profissional. Por outro lado, existe uma percepção sobre as potencialidades individuais que contribuem para o alcance de posições mais favoráveis à empresa. Então, o capital intelectual (conjunto de competências e experiências pessoais) presente no âmago da empresa deve ser aproveitado e estimulado, considerando que indivíduo e empresa são inseparáveis. Há portanto, uma interdependência recíproca que alimenta os interesses e interações, razão pela qual a motivação possui relevância e diversos estudos acerca das teorias motivacionais que validam o comportamento humano. Dessa forma, se a motivação agrega valor a uma empresa isolada, muito mais representativa será a um complexo de empresas de mesmo segmento (cluster). Por esta razão, o problema de pesquisa a ser instaurado é: A motivação pode influenciar o alcance de resultados favoráveis de uma empresa? Propõe-se, então, explorar em materiais de cunho científico as questões relativas a motivação e suas interferências no contexto empresarial. Metodologicamente, a revisão da literatura é adotada para dar sustentação aos argumentos. Este estudo possui relevância por agregar conhecimentos aos gestores, estudantes da área de Gestão, além de permitir novas reflexões.    

Publicado
2018-12-21